Painéis de MDF


Todo mundo que deve ser reparado está tentando escolher um material seguro, fácil de instalar e acessível. Esse material é Placas de MDF. Variedade de painéis MDF decoração de parede muito grande e cada vez mais popular com esses painéis. Hoje, o mercado de materiais de construção oferece painéis multicoloridos e ornamentados, além de painéis em relevo.

O MDF, como substituto da madeira natural, tornou-se tão popular que não é apenas feito de móveis, mas também usado como material de acabamento. Você pode comprá-lo em quase qualquer supermercado de construção ou aqui. Antes de adquirir qualquer material de revestimento, é desejável ter uma idéia de seus recursos de aplicação e dos aspectos positivos e negativos operacionais, que serão considerados abaixo.

Prós do uso de painéis de MDF:

  1. Painéis de MDF Eles são um material ecológico, pois são obtidos no processo de prensagem a seco de serragem. Para a colagem de serradura usando lignina, que é de origem natural.
  2. Os painéis são muito convenientes para serem montados na parede, pois mantêm sua forma bem, são muito rígidos e possuem alta resistência e durabilidade.
  3. O uso de painéis de MDF, fungos ou mofo, bem como uma variedade de compostos orgânicos, nunca começará sob eles.
  4. O material é resistente a vapores e umidade, pois os painéis são laminados com filme ou plástico.
  5. Os painéis são fáceis de instalar. É possível fazer a montagem você mesmo; não são necessárias habilidades ou ferramentas especiais para isso.
  6. As paredes decoradas com painéis de MDF são fáceis de operar. O material não é estático, o que significa que não atrai poeira; também é permitida a limpeza com água.
  7. Os painéis são muito fáceis de serrar, cortar e também a partir deles você pode fazer todos os tipos de estruturas curvas.
  8. A decoração da parede com painéis de MDF ajudará a economizar calor, pois possuem um alto coeficiente de condutividade térmica.

Contras do uso de painéis de MDF:

  1. As arestas brutas dos painéis absorvem a umidade e o inchamento, o que causa deformação e inchaço da estrutura. Portanto, use o painel no banheiro ou na cozinha com cuidado.
  2. O painel pode estourar quando atingido com um punho ou bola. Este tipo de material não é elástico.
  3. As paredes nas quais a condensação pode se acumular não podem ser decoradas com painéis que não possuem resistência adicional à umidade.
  4. Extremamente inflamável. Toda a fiação e vários cabos são melhor removidos em caixas especiais. Você também pode colocar uma camada isolante especial de lã mineral.

Antes de prosseguir com a decoração das paredes com painéis, é necessário realizar todas as comunicações e colocá-las em caixas especiais. Para impedir a ignição.

Aplicação Placas de MDF para decoração de parede - essa é uma maneira simples e barata de dar ao quarto um original e pode até parecer elegante.

Vantagens dos painéis de MDF

Os modernos painéis de MDF, produzidos de acordo com todos os padrões atuais, têm vantagens importantes:

  • O material de construção é ambientalmente amigável. Na sua fabricação, é habitual usar a técnica de prensagem a seco com a adição de lignina, que também é uma matéria-prima natural. Por esse motivo, os painéis de MDF podem ser utilizados sem preocupações com a decoração de interiores de instalações residenciais.
  • O trabalho de instalação com este material de construção é sempre agradável simplicidade e facilidade. A colocação dos painéis é realizada pelo designer, portanto, os artistas não devem ter conhecimentos ou habilidades especiais. Muitas vezes, para realizar a instalação dos painéis de MDF, você só precisa usar equipamentos de construção. Como resultado, as atividades de reparo serão concluídas online.
  • Os painéis de MDF permitem criar quase qualquer design. Isso ocorre porque eles podem ser facilmente cortados e cortados na forma ideal.
  • Cada pessoa pode escolher exatamente os painéis de MDF de que gosta na cor e na sombra. Além disso, os fabricantes podem imitar materiais naturais, incluindo madeira, pedra, tijolo, granito. Além disso, a tecnologia moderna pode até simular a pele.
  • Painéis de MDF têm características ideais de isolamento térmico e acústico. Por esse motivo, o custo de materiais de construção adicionais não é necessário. Além disso, será possível economizar tempo e custos financeiros.
  • Os painéis de MDF criam a base para uma abordagem criativa da decoração do quarto. Por exemplo, os painéis são combinados idealmente com papel de parede e tinta, portanto, essas opções também devem ser consideradas.

Preste atenção às vantagens acima do uso de painéis de MDF, você pode garantir que eles sejam os materiais ideais para a decoração de interiores de instalações residenciais.

Painéis de MDF para paredes: analisamos os prós e contras

Antes de comprar qualquer material de acabamento, é necessário entender claramente as características de seu uso, bem como os prós e contras operacionais. Quais são as qualidades dos painéis de MDF e quão adequados são para a decoração da parede?

As vantagens de usar o material

  1. Os painéis de MDF são um material compósito obtido por prensagem a seco de serragem. Como ligante, a lignina é usada. Tem uma origem natural e natural. Portanto, as placas de MDF têm um alto nível de segurança. Essa qualidade é especialmente valiosa no contexto da abundância de materiais sintéticos.
  2. Os painéis têm alta resistência e resistência ao desgaste. Eles mantêm uma excelente forma, têm boa rigidez. Eles são simples e convenientes para montar nas paredes.
  3. O material possui alta estabilidade biológica, sendo ignorado por fungos, mofo e outros compostos orgânicos.
  4. As placas de MDF, em regra, sofrem acabamento adicional. Consiste em painéis de laminação com folheado de filme, plástico ou madeira. Graças a essa tecnologia, o material adquire não apenas uma variedade estética, mas também se torna mais resistente à umidade e ao vapor.
  5. Os painéis de MDF são fáceis de instalar. Para isso, você não precisará de nenhuma habilidade especial ou equipamento sofisticado.
  6. O funcionamento das paredes com acabamento em MDF também não causará problemas. O material não atrai poeira, é fácil de limpar, permite limpeza úmida e, em caso de contaminação severa, até mesmo um painel não laminado pode ser lavado, o principal é limpá-lo com um pano. O contato a curto prazo com a água não causará danos ao revestimento.
  7. Os painéis são fáceis de processar, serrar e cortar. Construções curvas muito originais são obtidas a partir delas, o que expande o potencial estético do material. No design das paredes, você pode dar vazão à sua imaginação.
  8. Os benefícios típicos do interior incluem a alta versatilidade dos painéis de MDF. Eles são perfeitos para os designs mais modernos de casas e apartamentos, e também combinam perfeitamente com papel de parede, têxteis, rebocos decorativos, tintas e outros tipos de materiais de acabamento.
  9. Os painéis de parede com painéis de MDF ajudarão a reter adicionalmente o calor. Assim, o coeficiente de condutividade térmica de uma placa com uma espessura de 12 a 15 mm é de cerca de 0,09-0,1 W / m2K. Esse indicador é mais baixo que o do drywall, portanto os painéis de parede feitos de papelão retêm melhor o calor dentro da sala.

Contras do uso de painéis de MDF

  1. Fatias e arestas podem absorver a umidade e a condensação. Isso pode levar ao inchaço do material e à deformação de toda a estrutura. Portanto, para aplicar esse tipo de decoração na cozinha ou no banheiro, é necessário cuidado, certificando-se de que os painéis tenham a proteção necessária contra a umidade.
  2. Choques bruscos podem causar rachaduras no painel. A elasticidade não é característica desse tipo de acabamento, portanto, mesmo um golpe forte com um punho ou uma bola pode danificá-lo.
  3. Os painéis não processados ​​ou resistentes à umidade não podem ser colados a uma parede onde exista risco de condensação. Você precisará fazer uma caixa especial para ventilação.
  4. O índice de combustibilidade das placas é bastante alto. Portanto, se houver essa oportunidade, é melhor ocultar os cabos de fiação e comunicação nas tampas isolantes. É possível colocar uma camada isolante entre a parede da base e as lajes, se elas estiverem montadas na estrutura. A lã mineral realizará perfeitamente esse isolamento. Para ser justo, é preciso dizer que a combustibilidade é inerente a muitos materiais modernos, por exemplo, o mesmo papel de parede, têxteis e aglomerados. Portanto, essa nuance deve ser levada em consideração ao trabalhar com a maioria dos materiais de acabamento.

O que é um painel de MDF

Entre o grande número de materiais de construção, muitos estão interessados ​​em produtos de parede. O catálogo está literalmente cheio dessas estruturas, mas os painéis de parede de MDF ocupam um lugar especial nele. Produtos similares são utilizados como elemento decorativo no acabamento superficial de paredes e tetos. Pelas características do projeto, o material descrito se assemelha ao plástico familiar a muitos, embora esses produtos incluam matérias-primas naturais de resíduos da indústria da madeira.

Desvantagens dos painéis de MDF

Estudando cuidadosamente os painéis de MDF, você pode entender que eles também têm sérias desvantagens. Então, quais nuances devem ser preparadas?

  • As arestas brutas dos painéis de MDF podem absorver a umidade e incharcomo resultado do qual o produto é deformado. Por esse motivo, os painéis não são adequados para uso no banheiro ou na cozinha, onde há um alto nível de umidade.
  • Painel capaz rebentarse um soco ou bola é atingido na estrutura. Isso se deve ao fato de o material não possuir a menor elasticidade.
  • As paredes nas quais a condensação pode se acumular não podem ser decoradas com painéis se não tiverem resistência adicional à umidade.
  • Os painéis de MDF podem ser inflamáveis ​​com facilidade. Nesse sentido, a fiação e os cabos são melhor escondidos em caixas especiais. Além disso, é útil uma camada isolante especial criada com base em lã mineral. Esse trabalho preparatório contribuirá para aumentar a segurança contra incêndio.

Medidas preparatórias e instalação de painéis de MDF devem ser realizadas apenas com a assistência de um especialista experiente. Depende diretamente de qual será o resultado da decoração da sala com modernos painéis de MDF e quanto tempo o material de acabamento ficará encantado com sua aparência impecável.

Métodos de montagem na parede para painéis de MDF

Para poder montar painéis de parede de MDF, é necessário, antes de tudo, determinar como eles serão colocados.

  • Uma montagem de estrutura é recomendada se
  1. é necessário isolamento adicional
  2. as placas não possuem tratamento adicional resistente à umidade, e a condensação pode se acumular na parede
  3. há necessidade de desmontagem futura de placas por várias razões
  4. a superfície da base não possui uniformidade suficiente para fixar as placas.
  5. Este tipo de fixador implica uma caixa preliminar da parede rugosa. Posteriormente, as placas de MDF são presas à estrutura, geralmente com a ajuda de pequenos pregos ou parafusos autorroscantes que são aparafusados ​​nas ranhuras da lingüeta e junta da ranhura.
  6. Armações de plástico ou metal prontas, equipadas com suportes especiais, são muito convenientes de usar. Eles também são chamados de klemery. Eles ajudam a fixar rapidamente as placas de MDF na caixa.
  • A ligação adesiva é usada quando:
  1. a parede da base é plana
  2. sem perigo de umidade e condensação nas paredes
  3. painéis não estão planejados para desmontar
  4. a instalação de quadros por algum motivo é difícil ou indesejável.
  5. A conexão da cola é que, com a ajuda de unhas líquidas, a placa é presa diretamente na parede da base. Entre si, as placas, como na versão de armação, são conectadas usando línguas.

A aparência dos painéis

Os painéis de MDF são muito populares justamente por sua semelhança com materiais de acabamento naturais e mais nobres. Ao mesmo tempo, o custo desses painéis é uma ordem de magnitude mais baixa.

O termo MDF em si é literalmente traduzido do inglês como a abreviação usual de aglomerado ou aglomerado, mas difere do equivalente soviético em características técnicas aprimoradas. Nesse caso, resinas nocivas contendo fenol não são usadas para conectar as matérias-primas. O aglutinante aqui é a lignina, em alguns casos a parafina.

Na composição básica do painel, há pó de madeira, obtido após a moagem e processamento da serragem. Este material é aquecido em fornos especiais até que um ligante de lignina seja liberado dele. É com a ajuda desse componente que ocorre a ligação da matéria-prima. Um produto ainda mais durável fornece o processo de prensagem. O tarugo resfriado precisa de processamento adicional; primeiro, a placa liberada é cortada nas partes necessárias e, em seguida, colada na superfície do filme de melamina, que imita a estrutura da madeira.

Na estrutura, o revestimento de MDF se assemelha a um material intermediário entre folhas de papelão e compensado. Devido a essas propriedades, o produto pode receber as dimensões necessárias usando uma serra comum para esse fim. O material em questão possui um baixo coeficiente de condutividade térmica, mas também possui uma desvantagem - a possibilidade de danos ao filme de melamina durante a operação. Após ação mecânica, rachaduras e arranhões aparecem na superfície do material, mas áreas defeituosas podem ser facilmente mascaradas com tinta comum.

Composição:

A composição do MDF inclui apenas componentes naturais:

- fração de madeira moída,

- lignina, cola natural.

A fabricação de material em chapa envolve um processo de processamento complexo. As etapas de retificação e compactação são realizadas com alta pressão. Condições de temperatura significativas durante a prensagem fornecem uma forte conexão de aparas de madeira e lignina, como resultado do qual a placa adquire uma estrutura sólida.

O complexo processo de fabricação não privou o material de MDF das qualidades amadeiradas, e alguns até o superaram. A densidade da madeira natural é menor que a de um painel prensado.

Resistência à umidade do MDF

MDF impermeável, em contraste com o habitual, mais denso. Como resultado, a placa não incha e sua superfície não cai sob a ação do condensado. O MDF produzido por prensagem a seco sob alta pressão não é suscetível à umidade, eles são caracterizados por alta resistência e dureza e, ao mesmo tempo, plasticidade durante o processamento. Tais propriedades tornam possível usá-los como painéis de parede, a base dos componentes de um conjunto de cozinha, fachadas de cozinha e móveis de banheiro.

A resistência à umidade é obtida usando uma composição adesiva especial, que consiste em componentes MUF (melamina ureum formaldeído - melamina ureia formaldeído), caracterizados por um sistema de cura eficaz.

As lajes assim obtidas são utilizadas em ambientes úmidos, exclusivamente no interior do edifício, e podem suportar contato acidental com a água. Essas placas são revestidas com melamina, laminadas, filme de PVC e também cobertas com uma variedade de materiais de acabamento. Serrar e fresar este material usando máquinas convencionais.

As placas de MDF resistentes à umidade são usadas para:

  • design de interiores
  • como componentes de móveis
  • criar partições
  • em áreas que exigem proteção contra umidade
  • para criação de stands de exposição, quiosques
  • como material de embalagem
  • são feitos rodapés e vigas, além de peitoris.

As vantagens do MDF resistente à umidade incluem:

  • estética
  • impecabilidade ambiental e de higiene
  • superfície dura
  • falta de inchaço e deformação
  • facilidade de usinagem
  • alta resistência ao desgaste
  • baixo peso em comparação com a madeira.

Painéis de parede de MDF: prós e contras

O que determina a popularidade desse material na construção privada e na decoração de interiores públicos? Claro, a presença de um número considerável de vantagens.

  • Aparência nobre a um custo muito baixo.
  • Resistência relativamente alta da superfície frontal à umidade.
  • Isolamento acústico e isolamento térmico, especialmente - se houver isolamento adicional.
  • Conveniência da instalação, que não requer conhecimentos e habilidades especiais. Não há necessidade de realizar trabalhos preparatórios especiais antes da instalação, o que também facilita o fluxo de trabalho. Ou seja, não é necessário nivelar perfeitamente as paredes, betume, areia e primer.
  • Uma ampla seleção de cores e padrões. Um filme ou folheado de polímero é aplicado à superfície da placa de MDF. O material na grande maioria dos casos tem a cor e a textura da árvore. Você pode escolher painéis para carvalho ou pinho ou preferir algo exótico - por exemplo, painéis para wenge, zebrano, ébano, etc. Para o interior, em qualquer estilo, haverá painéis adequados que trabalharão em seu conceito.

No entanto, não há nada perfeito, e os painéis de MDF também apresentam desvantagens.

  • Força relativamente baixa. Os painéis montados na estrutura podem ser danificados ao bater na parede. O MDF pode simplesmente rachar, porque os painéis são bastante finos.
  • O material é inflamável. Portanto, recomenda-se que toda a fiação seja colocada em ondulações especiais de metal.
  • Com a exposição direta à umidade, as áreas que não são protegidas por um filme ou folheado (por exemplo, locais de corte) incham. É necessário cobrir esses locais com ripas, rodapés, etc. Mas isso não garante proteção suficiente contra a umidade.

Como decorar a parede de forma independente com painéis de MDF?

De acordo com a tecnologia de estrutura de arame

  • Você precisará de um conjunto pronto de trilhos de plástico ou metal ou de barras de madeira com um diâmetro de 4-5 mm. Das ferramentas, você precisará de um nível de laser, um martelo, uma furadeira, uma chave de fenda. Você também precisará de prendedores: pregos e parafusos de vários comprimentos.
  • A instalação do quadro deve começar com postes verticais, pelos cantos. A correção de sua localização deve ser verificada por nível ou prumo. Você precisa prender a estrutura com ferragens longas para que elas passem pelas ripas e pela camada de gesso, fixando o elemento na parede da base.
  • Depois que os racks verticais são instalados, os racks horizontais são recheados. O passo entre os elementos da estrutura é de 500 a 700 mm.
  • Depois que o quadro está pronto, os painéis começam a ser anexados a ele, de fato. Eles são montados alternadamente, presos com travas de lingueta e ranhura.

Por tecnologia adesiva

  • A parede da base é cuidadosamente preparada. Sujeira, detritos de construção, revestimento velho são removidos. Se for desigual, você terá que aplicar massa e atenuar todas as falhas óbvias.
  • Depois que a superfície secar, ela deve ser desengordurada.
  • Os painéis preparados e cortados são fixos a partir do canto, lubrificando com a composição de montagem a superfície da parede e o perímetro da parte interna da placa.
  • As placas são unidas entre si por uma conexão de lingueta e ranhura. Você pode montar escudos de vários painéis no chão e montá-los na parede de forma finalizada.
  • Uma composição chamada "unhas líquidas" é montada instantaneamente e a fixação dos painéis de MDF na parede leva muito pouco tempo.
  • Não fique chateado se as juntas dos cantos não forem perfeitas. À venda, existem diversos ângulos, rodapés e até inclinações para painéis de MDF. Eles ocultarão facilmente todos os erros de instalação.

Antes de começar a decorar as paredes de MDF, é necessário estabelecer todas as comunicações. Se eles tiverem um volume grande, o chassi precisará ser empurrado para a frente, de modo que todos os fios estejam no plano dos racks, sem sobressair além dele.

Você também deve prever a instalação de luzes embutidas e fazer furos nas placas para fixação.

A decoração de paredes com painéis de MDF é uma maneira rápida e barata de dar ao ambiente uma aparência elegante e até original, especialmente se você escolher uma cor ou textura ousada. O material vai durar o suficiente, sem dificuldades especiais de atendimento.

Tipos de painéis de MDF

Atualmente, a variedade de painéis de MDF é agradavelmente surpreendente. Então, em quais opções devo prestar mais atenção?

  1. Totalmente pressionado Os painéis de MDF são caracterizados por uma superfície de densidade média e perfeitamente lisa. Suas vantagens incluem estética, higiene, resistência à umidade. Note-se que os painéis totalmente prensados ​​são ideais para a produção de móveis.
  2. Laminado Os painéis de MDF são semelhantes aos totalmente prensados, mas ao mesmo tempo a parte frontal é coberta com um filme transparente. Como resultado, nota-se maior proteção contra umidade e estresse mecânico. É importante notar que um filme transparente pode dar aos painéis a aparência de madeira real.
  3. Resistente à umidade Os painéis de MDF são tradicionalmente produzidos a partir de um material mais denso. As fibras de madeira devem ser de alta qualidade. Somente a fabricação correta de painéis à prova de umidade permite decorar com sucesso a cozinha, o banheiro e qualquer ambiente com alta umidade.

Um estudo cuidadoso de todos os produtos disponíveis permitirá que você entenda qual opção é aconselhável escolher. Se desejar, você pode escolher painéis de MDF que são ideais para uso interno e podem manter suas características ideais por um longo tempo.

O custo dos painéis de MDF depende dos parâmetros técnicos, do método de decoração da frente e da possibilidade de usar efeitos especiais. Uma variedade incrível de painéis padrão e originais ajuda a garantir que esses produtos sejam ideais para quase todas as pessoas que pensam em realizar atividades de decoração de sua casa após o reparo.

Profissionais de MDF

• matérias-primas naturais tornam o material ecológico,

• indicadores de densidade são mais altos que a madeira,

• design estético de chapas, seleção de texturas,

• não tem medo de mudanças de temperatura,

• qualidades resistentes à umidade permitem limpeza úmida durante a operação,

• universalidade na aplicação,

• placas são fáceis de processar,

Também existem desvantagens dos painéis de MDF, que devem ser levados em consideração ao trabalhar com material:

• O MDF queima bem,

• baixa resistência a danos mecânicos, umidade.

Tons de várias cores e texturas

Uma grande vantagem em uma ampla seleção de tons e texturas dos painéis. Na maioria dos casos, o padrão imita diferentes variedades de madeira.

Os painéis de parede de MDF são fabricados com a mesma tecnologia, mas a superfície desses produtos pode ter acabamentos diferentes. Nesse sentido, os materiais em consideração podem ser divididos em várias variedades:

  • Folheado. Nesse caso, o verniz natural é usado como acabamento decorativo. Graças a esse revestimento, o produto se assemelha a um maciço natural de madeira por sinais externos e tem um custo máximo entre análogos.
  • Os painéis laminados são considerados um dos projetos mais procurados. A concretização mais simples de tais produtos é considerada colando a superfície com uma película de melamina. Esse material geralmente imita a estrutura da madeira; é usado para decorar paredes. Em alguns produtos, durante a laminação, um filme de alto brilho pode ser colado à superfície para melhorar a aparência do material. Esses painéis parecem exclusivos e respeitáveis.
  • O corredor pode ser finalizado com painéis de MDF pintados. Aqui, um revestimento decorativo é uma camada de tinta em vez de simular a textura da madeira.

Os produtos em questão podem ser usados ​​para revestir qualquer um dos quartos do apartamento, com exceção do banheiro. A superfície desses produtos é significativamente diferente da aparência não natural do plástico. O usuário final pode escolher por si mesmo um design e tamanho aceitáveis ​​do produto, pagando relativamente pouco dinheiro pelos materiais de construção.

E agora vamos prestar atenção às dimensões do produto:

  • O indicador padrão do comprimento da laje é de 2,6 metros, embora as dimensões de alguns materiais possam variar para cima ou para baixo - 2,4 ou 2,7 metros, respectivamente.
  • A largura do painel também varia significativamente, por exemplo, o rodapé de MDF tem uma largura de 15 centímetros, enquanto os parâmetros de uma chapa convencional estão dentro de 90 centímetros, em alguns produtos de 1,2 metros. A largura do material afeta significativamente suas funções estéticas. Com o aumento desse parâmetro, a pessoa percebe a presença de costuras verticais, o que enfatiza ainda mais a textura do produto.
  • Dependendo do destino final, a espessura do painel varia de 3 a 3 centímetros. Para materiais folheados, esse número pode chegar a 6 centímetros.

Ao escolher os elementos decorativos, é necessário lembrar que os detalhes mais delicados têm indicadores mínimos de força, portanto, são utilizados para o acabamento das paredes. Os materiais com uma espessura superior a 1,2 centímetros são frequentemente utilizados como uma camada isolante de calor adicional. Por propriedades, esse aquecedor substitui uma parede de tijolos por uma espessura de 15 centímetros.

Os painéis de MDF são resistentes à umidade

Estes painéis são ideais para uso no banho e na cozinha. Para outras salas, esse material raramente é usado. Na aparência, os painéis são muito semelhantes aos azulejos.

Os painéis são feitos de MDF resistente à umidade, que é tratado com uma composição especial. Os painéis resistentes à umidade de MDF são criados em equipamentos modernos, utilizando as mais recentes tecnologias.

As vantagens desses painéis de parede resistentes à umidade incluem:

  • estética
  • você pode ocultar várias falhas, por exemplo, irregularidades
  • facilidade de instalação e a escolha de vários métodos de instalação. Os métodos de instalação dependem do layout da sala, da presença de partições e das matérias-primas a partir das quais elas são criadas.
  • facilidade de uso. Esses painéis são fáceis de cortar, não há necessidade de comprar ferramentas especiais. Devido ao tamanho grande, a instalação é muito rápida
  • eles são ecológicos, duráveis, práticos
  • ao usar painéis brilhantes, a sala se expande visualmente
  • custo razoável
  • os painéis podem ser montados em qualquer direção - ao longo ou através da parede e até na diagonal
  • após a instalação, resta um espaço no subpainel, que pode ser usado como local para fiação oculta e como isolamento adicional.

Esse material pode ser instalado em uma estrutura de madeira ou metal, o que é uma opção mais demorada. A instalação com “unhas líquidas” também é possível. Esta opção é usada se a base for lisa e uniforme. Uma ampla gama de cores e texturas que imitam praticamente qualquer material, permite escolher materiais de acabamento que se encaixam perfeitamente em qualquer interior.

Hoje, nas lojas, você pode comprar painéis à prova de umidade de três tipos:

  • Painéis de ripas são muito semelhantes aos revestimentos de acabamento comuns. A fixação do material é realizada usando suportes especiais (grampos). Esses painéis permitem resolver visualmente problemas com um teto baixo por decoração de parede com painéis verticais.
  • Os painéis de azulejos são feitos na forma de quadrados ou retângulos. Os principais objetivos deste material são: decoração do teto, criação de ornamentos e padrões exclusivos, criação de design, combinando uma variedade de texturas e tons. Tais lajes podem ser muito semelhantes a azulejos, mosaicos, mármore e muito mais.
  • Os painéis à prova de umidade de chapa de MDF são fabricados em um formato suficientemente grande, o que afeta a velocidade da instalação. Isso cria o menor número de juntas. As folhas podem ter um ornamento ou padrão. A variedade é muito ampla.

Vale ressaltar que os painéis de MDF resistentes à umidade são completamente naturais e ecológicos, porque são utilizadas resinas especiais de carbamida para sua fabricação, o que não prejudica a saúde humana.

Prós e contras

Ao escolher qualquer um dos materiais de construção, os usuários levam em consideração seus pontos fortes e fracos. Primeiro, vamos dar uma olhada nas vantagens que os painéis de parede têm. Estes incluem:

  • Disponibilidade de material no mercado de construção.
  • Preço relativamente baixo. O custo por metro quadrado de revestimento de qualidade dos fabricantes mais famosos pode variar de 5 a 12 dólares, enquanto este produto é usado não apenas para suavizar a superfície da parede, mas também como um elemento decorativo.
  • Outra qualidade positiva das placas de MDF é a possibilidade de instalá-lo você mesmo sem a ajuda de um especialista. Tais trabalhos são caracterizados por uma alta velocidade de instalação, embora o tempo máximo gasto na estrutura do dispositivo.
  • A instalação de painéis pode ser realizada na superfície de paredes e tetos, você pode lidar com esse trabalho mesmo por conta própria.
  • Os produtos têm uma aparência apresentável. A maioria dos materiais imita a superfície da madeira, mas seu padrão pode ser o mesmo. Nesse sentido, é necessário evitar o uso de painéis de MDF em grandes áreas.
  • Os materiais em consideração podem ser utilizados como uma camada isolante de calor e isolante de som, e especialmente se o revestimento e a superfície da base tiverem um espaço de ar.

  • Baixos indicadores de resistência do material, isso é especialmente verdadeiro para chapas de pequena espessura.
  • Restrição na escolha de cores e texturas dos painéis.
  • Redução do espaço útil na sala devido à fabricação da estrutura e instalação de painéis.
  • Baixa resistência ao fogo. Como já dissemos, esse material é feito de madeira e a madeira é queimada quando exposta a altas temperaturas.
  • O material tem baixa resistência à água, sua estrutura pode deteriorar-se mesmo sob a influência de condensado quando os painéis são instalados em uma varanda ou varanda isolada.

Aplicações e tamanhos de material de madeira

O MDF está disponível em três categorias de tamanho:

1ª categoria: placas de paredes finas com comprimento de 1300-2800 mm, largura de 153-2070 mm e espessura de 5-9 mm.

Categoria 2: placas de parede média com comprimento de 2620 a 2800 mm, largura de 2070 mm e espessura de 10 a 18 mm.

Categoria 3: placas de paredes espessas com um comprimento de 2620 a 2800 mm, uma largura de 2070 mm e uma espessura de 19 a 30 mm.

Os fabricantes expandiram a variedade de tamanhos para selecionar racionalmente o material necessário e reduzir o desperdício após a instalação.

As dimensões não afetam a qualidade do produto. Se necessário, você pode solicitar tamanhos individuais na faixa de 150 a 4000 mm.

Painéis de MDF no interior

Painéis de painéis de MDF podem ser usados ​​para decorar uma grande variedade de salas: refeitório e salão de montagem, sala de estar no apartamento e pavilhão de compras. Em apartamentos e casas, os painéis de MDF são mais frequentemente usados ​​para acabamento de galerias, varandas e varandas envidraçadas. Menos frequentemente - em corredores, cozinhas. Nas salas de estar, os painéis de MDF são raros, como nos banheiros. No entanto, aqui eles encontram aplicação.

Acredita-se que este material seja bastante chato e até "de propriedade do Estado". No entanto, com painéis, você pode obter resultados interessantes. Sim, quase todos os painéis de MDF disponíveis no mercado imitam uma árvore de uma maneira ou de outra.Mas a árvore não é de uma espécie, mas de muitas variedades, por isso há muito por onde escolher. Painéis com diferentes imitações de madeira podem ser combinados entre si para obter efeitos incomuns.

Você pode alternar painéis para madeira escura e clara ou combinar as cores da madeira em paredes diferentes: uma parede é mais clara (por exemplo, para um carvalho branqueado), a outra é escura (por exemplo, sob uma wenguê).

Eles combinam os painéis na horizontal: por exemplo, de baixo até um terço da altura das paredes, painéis mais escuros são colocados e painéis acima da luz. A junção dos dois tipos de painéis é decorada com uma prancha de madeira.

Existem diferentes maneiras de colocar painéis nas paredes. A opção mais comum é instalar os painéis verticalmente do chão ao teto. Como os painéis, sendo montados na parede, geralmente retêm a estrutura da tira, as paredes são “listradas”. Com a posição vertical dos painéis, a sala se torna visualmente mais alta, mas ao mesmo tempo se estreita visualmente. Se você deseja expandir visualmente a galeria, corredor ou outra sala, deve preferir um arranjo horizontal ou diagonal de painéis.

É importante lembrar que a caixa deve sempre ser perpendicular aos próprios painéis.

É possível combinar dois métodos: por exemplo, de baixo até um terço da altura das paredes do painel são montados verticalmente e acima dessa linha - horizontalmente. A junta da decoração é decorada com uma faixa decorativa.

Da mesma maneira, você pode combinar painéis com outro material. Por exemplo, painel as paredes abaixo, e papel de parede ou pintar sobre as paredes. Outro truque interessante: painéis de MDF de um fragmento de parede com aproximação ao teto.

Como já mencionado, os painéis de MDF raramente são usados ​​em instalações residenciais. Sim, se todas as paredes forem revestidas de painéis, é provável que a sala perca o conforto do lar e se assemelhe à cabine de um navio ou a um compartimento de trens. Mas para destacar fragmentos das paredes do painel de MDF - apenas uma descoberta! Eles podem embainhar uma seção de parede embaixo da TV ou na cabeceira da cama. Os painéis de MDF no interior das salas são ótimos para criar as chamadas paredes de destaque.

Vantagens das placas de MDF impermeáveis

Vale a pena listar as principais vantagens dos painéis mdf:

  • principalmente resistência à umidade. Essa importante característica possibilita a utilização desses painéis em ambientes com alta umidade de até 80%,
  • a alta densidade do material oferece excelente isolamento acústico,
  • longo prazo de operação. O revestimento de alta qualidade do painel decorativo permite manter a durabilidade por um longo tempo; o fabricante tem 10 anos de garantia. Vale lembrar em que condições é melhor não usar esses painéis decorativos,
  • eles não toleram impactos fortes, para que possam quebrar com sérios danos. Além disso, influências externas como arranhar ou cortar objetos também podem arruinar o acabamento. Placas de MDF resistentes à umidade para paredes não precisam ser usadas como avental de cozinha,
  • os painéis universais de mdf podem ser usados ​​para decorar qualquer local, apenas para salas secas é melhor usar painéis decorativos não à prova de umidade,
  • facilidade de instalação que não requer habilidades especiais de construção. Com um conjunto mínimo de componentes para instalação: adesivo, serra para ajuste de tamanho, selante de silicone para preencher os vazios após a instalação,
  • variedade de soluções de design: cores, formas,

  • remova qualquer sujeira ou poeira com um pano úmido. Vale a pena abster-se de usar produtos químicos especiais para lavar, para não danificar a camada de acabamento externa.

Instalação de painéis de MDF

A instalação de painéis de MDF pode ser realizada de duas maneiras principais: cola e estrutura.

Vamos começar com o chamado método wireframe. O caixote pesado clássico de barras de madeira ou perfis metálicos para painéis de MDF geralmente não é feito, porque o material é bastante leve. A maneira moderna é prender os painéis às tábuas com braçadeiras. Kleimers (também chamados grampos ou grampos) e placas de montagem são vendidos no mesmo local que os painéis. Em vez de tábuas de plástico ou metal, você pode usar ripas de madeira.

Pranchas ou ripas são perpendiculares à direção dos painéis. Ou seja, se os painéis forem montados na vertical, as guarnições devem ser montadas horizontalmente. Várias pranchas são necessárias na parede. Um está preso mais perto do teto, o segundo no chão. Isso permite fixar com segurança os painéis na parede e montar rodapés. Além das tiras superior e inferior, você precisará de mais 2-3 tiras colocadas equidistantes. Em geral, a distância entre as ripas deve ser não mais que 50 cm. Não devemos esquecer de montar as ripas ou ripas ao longo das bordas das aberturas de janelas e portas.

No lado do painel em que a ranhura está localizada, o kleimer é fixo (como se a estivesse inserindo na ranhura). Em seguida, o kleimer é fixado no trilho com parafusos autorroscantes ou, se for uma placa de montagem, basta encaixá-lo em sua ranhura.

Portanto, o painel é fixado em cada uma das 4-5 tiras / trilhos. O próximo painel é inserido com um pente (espigão) na ranhura do painel anterior, e os Kleimers são novamente colocados na ranhura do segundo painel e fixados nas ripas.

O primeiro, o chamado painel de partida, geralmente é parafusado com parafusos na lateral do pino. O último painel, que raramente é inteiro, também pode ser fixado com parafusos. Os traços desta instalação estão ocultos atrás dos elementos decorativos de acabamento.

Agora, sobre o método de cola. As chamadas unhas líquidas são frequentemente usadas como cola. O adesivo é aplicado no sentido horário na parte traseira do painel e pressionado na superfície. Os painéis são excelentes aderentes.

As superfícies da base podem ser muito diferentes: madeira compensada, concreto, drywall e tijolo. O painel adere perfeitamente de qualquer maneira. Obviamente, a superfície deve estar limpa, livre de poeira e, de preferência, desengordurada.

O método adesivo de instalação de painéis de MDF tem algumas desvantagens. A desmontagem pode ser muito difícil, especialmente se você precisar alterar um ou dois painéis. O lado reverso dos painéis não é resistente à umidade - se a superfície da base estiver úmida, os painéis podem "subir".

Qual método de instalação escolher? A qualidade da parede base não desempenha um papel especial. Mas se as oscilações são grandes, é melhor, é claro, fazer uma moldura. O método de estrutura de arame é frequentemente usado mesmo se eles querem isolar a parede. Embora seja possível método de moldura de cola: o quadro é preenchido com isolamento, "costurado" com madeira compensada ou drywall à prova de umidade, sobre o qual os painéis de MDF são colados.

Para finalmente determinar o método de instalação, você precisa avaliar criticamente a sala e suas superfícies de base. Posso colar os painéis uniformemente? Cola cola? Se a sala for muito pequena, o método de estrutura de arame pode privá-la de vários centímetros valiosos. Mas se as paredes forem completamente irregulares, apenas graças à estrutura você poderá obter uma aparência aceitável.

Também é necessário decidir quem instalará os painéis de MDF. Se o trabalho for realizado pelos próprios proprietários, eles obterão uma estrutura de qualidade? Talvez seja mais fácil plantar painéis de MDF em unhas líquidas? Se o acabamento for feito por profissionais, você precisará comparar preços para os dois tipos de trabalho.

Como consertar painéis de parede de MDF

Muitos proprietários não sabem como fixar os painéis de MDF na parede. Na prática, são utilizados dois métodos populares: fixar produtos em uma estrutura pré-alinhada e montar o material em pregos líquidos ou outra composição. Ao escolher um método, você deve prestar atenção ao seguinte:

  1. Ao usar o caixote, a curvatura das paredes não importa, a direção do plano de acabamento será determinada pelos elementos da estrutura.
  2. Para uso em ambientes úmidos, é adequada uma estrutura de aço galvanizado. Tais produtos suportam flutuações de umidade, não são suscetíveis à corrosão.
  3. Se for necessário colocar o isolamento sob o acabamento, o uso da caixa será uma opção ideal. Qualquer material de isolamento térmico pode ser colocado entre os trilhos de guia.
  4. Os painéis de aterrissagem na cola são adequados para salas pequenas em que é necessário manter o espaço útil máximo.

Métodos de processamento da parte frontal dos painéis

- colando uma fina camada de folheado que imita a madeira natural em cores e texturas,

- laminação da superfície com filme de alta qualidade,

- manchando com tinta especial (as novas tecnologias permitem obter o efeito de superfície nácar, fosca ou brilhante),

- Efeito 3d imitando materiais naturais (couro, seda, pedra, madeira).

Ao decorar instalações residenciais, painéis de MDF são usados ​​para decoração:

- galerias e varandas,

- despensas e vestiários,

- revestimento parcial das paredes da sala nos métodos de zoneamento.

MDF resistente à umidade: vantagens e desvantagens

As vantagens de materiais como painéis de MDF são muitas - pelo menos, de acordo com seus fabricantes e desenvolvedores, e assim mostra a prática. Entre as principais vantagens de painéis desse tipo estão as seguintes.

  1. O fato de serem altamente resistentes à umidade já é compreensível, e resta acrescentar apenas que eles normalmente toleram mesmo a exposição de curto prazo a cem por cento de umidade. Se eles não forem fermentados por muito tempo na água, isso não terá nenhum efeito sobre eles.
  2. Excelente desempenho à prova de som, ao qual este material deve sua densidade. Além disso, esses indicadores podem ser aprimorados pelo método de instalação da estrutura do painel, como resultado da formação de uma cavidade entre a parede existente e o painel, que, por sua vez, pode ser preenchido com isolamento mineral.
  3. Longevidade. Um painel de alta qualidade, ou melhor, seu revestimento decorativo de proteção, não é muito diferente em resistência de um revestimento semelhante que possui um laminado para piso. Aqui, no entanto, existem várias reservas. Em primeiro lugar, é impossível aplicar efeitos mecânicos aos painéis - um forte golpe de algo é capaz de quebrá-los. Em segundo lugar, os painéis não toleram efeitos de corte e arranhões - é melhor evitar usá-los como avental de cozinha na área de trabalho.
  4. Universalidade. Apesar de os fabricantes prescreverem o uso de painéis resistentes à umidade na cozinha e no banheiro, eles podem ser usados ​​para decoração de vários ambientes, independentemente de sua finalidade. Banheiro e cozinha são apenas uma área de aplicação recomendada; em salas secas, é mais barato usar painéis de MDF comuns (não resistentes à umidade).
  5. E, claro, uma instalação simples, sobre a qual falaremos mais adiante.

Painéis de chapa de MDF para paredes resistentes à umidade

O assunto não deixa de ter falhas - seja o que for que se possa dizer, mas a indústria moderna ainda não aprendeu a fabricar materiais ideais que podem durar para sempre e, ao mesmo tempo, não alterar suas qualidades originais. Os seguintes pontos podem ser atribuídos às características negativas dos painéis de MDF resistentes à umidade.

  1. Essa é a falta de resistência ao choque e o medo de arranhões descritos acima.
  2. Segurança contra incêndio, que neste material de acabamento tende a zero - esses painéis são altamente inflamáveis, o que é outro bom argumento que permite abandonar o uso na área de trabalho.

Em todos os outros aspectos, esse é um material muito bom, que em questão de horas ajudará a transformar seu banheiro ou cozinha para melhor. Como isso é feito? Mas isso será discutido mais adiante.

Foto laminada em MDF resistente à umidade

Características da instalação dos painéis de MDF

• Dois métodos são usados ​​para o trabalho de acabamento: montagem em uma estrutura e colagem em uma superfície plana. O primeiro método é preferível, pois sob o acabamento você pode fixar o isolamento e a confiabilidade da estrutura será maior do que na colagem.

Além disso, atrás dos painéis, você pode colocar a fiação, escondê-la. Como material para o quadro, são utilizadas ripas de madeira ou perfis metálicos. A escolha é feita com base nos indicadores de umidade da sala. Se a umidade é alta ou média, é melhor usar perfis. Ripas umidificadas podem levar, então toda a estrutura é inclinada.

• Os cantos sob o painel devem ser usados ​​em cores, para não perturbar a harmonia das cores.

• Se a decoração for feita em uma sala com um pequeno quadrado, é melhor usar cores claras para aumentar visualmente o espaço.

• Para que os painéis fiquem próximos ao perfil, o chanfro inicial deve ser removido.

• Para montagem em painel vertical, o quadro deve corresponder ao tipo de instalação, ou seja, é instalado verticalmente.

• O uso de grampos para prender os painéis permitirá desmontar cuidadosamente o material de acabamento e instalá-lo novamente.

• Não é recomendado painéis de MDF com banheiros e cozinhas. A umidade constante pode afetar adversamente o material de madeira.

• Ao escolher os painéis ou transportá-los para o local da instalação, atenção especial deve ser dada à preservação das bordas (a parte de travamento).

Montagem de estrutura

E agora vamos nos familiarizar com o método de colocação de placas de MDF no quadro com mais detalhes. Primeiro, você precisa fazer uma caixa para as paredes, geralmente esse design é feito de um perfil de metal ou uma viga de madeira de uma determinada seção. Ao usar madeira, uma viga quadrada com um comprimento lateral de 3 centímetros é escolhida. Esse produto deve ter um teor de umidade não superior a 15%. O material é tratado adicionalmente com anti-séptico e retardadores de chama, o que interfere no processo de combustão e apodrecimento.

Em seguida, medem as paredes com uma fita de construção. O comprimento das barras deve ser ligeiramente menor que os valores calculados. Com a disposição horizontal dos painéis, a instalação do torneamento é realizada na direção vertical e vice-versa. Após o trabalho de marcação, as dimensões são transferidas para produtos de madeira e barras de raspilivanie. Durante essas operações, a serra deve ficar estritamente perpendicular à superfície da madeira, o que impedirá a formação de pontas curvas.

Os trilhos de guia são fixados à superfície usando cavilhas (se a base for de tijolo ou concreto) ou parafusos auto-atarraxantes (se houver uma superfície de madeira básica). Depois disso, nos intervalos entre os elementos da caixa, são colocadas placas isolantes, por exemplo, lã mineral. Para fixar a camada de acabamento, você pode usar grampos para painéis de MDF, bem como parafusos autoatarraxantes com dimensões de 3 * 20 milímetros, que são aparafusados ​​nas ranhuras dos produtos ou pregos especiais com um chapéu fino. Na fase final do trabalho, as tiras de conexão e os cantos externo e interno são fixos.

O dispositivo da estrutura metálica dos perfis quase não é diferente da instalação de uma caixa de madeira. Para começar, as guias de parede são instaladas ao redor do perímetro nas partes superior e inferior do edifício. Em seguida, o perfil principal é colocado a uma distância de 40 a 50 centímetros um do outro. Todas as peças-guia são fixadas na superfície da parede usando parafusos e suspensões autorroscantes, após o que começam a aplicar o revestimento final.

Montagem de cola

Como já dissemos, a colagem de painéis de MDF na superfície da base é mais frequentemente usada para decorar salas pequenas com paredes uniformes. Na fase inicial do trabalho, é realizado um estudo aprofundado da base, são determinadas áreas defeituosas e são tomadas medidas para selar rachaduras e lascas. Às vezes, o processo de nivelamento leva mais tempo do que o acabamento da parede.

Depois que a superfície é nivelada e a solução endureceu completamente, o plano deve ser tratado com um primer de penetração profunda. Esta solução aumentará a resistência da base, aumentará a adesão à mistura adesiva.Uma composição semelhante é aplicada à parede com um pincel ou rolo, evitando manchas. Agora você precisa cortar o painel de MDF com um quebra-cabeças ou serra em pedaços do tamanho necessário.

Na próxima etapa do trabalho, a quantidade necessária de cola é amassada e a solução preparada é aplicada na superfície traseira dos painéis. Esta substância é colocada no sentido horário, e os locais cobertos com cola devem ser o maior possível. A colocação começa a partir do fundo da parede.

Nesse estágio, cada elemento deve ser pressionado suavemente contra a parede e mantido nesse estado por vários segundos. Trabalhos semelhantes continuam até que a superfície esteja completamente coberta. No final, as tiras e os cantos de conexão são fixados à superfície usando as mesmas unhas líquidas ou cola especial.

Maneiras de instalar MDF resistente à umidade para o banheiro

A escolha deste ou daquele método de instalação de painéis de MDF nas paredes é totalmente determinada pela uniformidade das paredes. Não vamos contornar o mato, mas digamos imediatamente que esses painéis são montados em paredes planas com cola e instalados em paredes altamente curvas e niveladas usando a tecnologia de estrutura. Considere essas tecnologias em mais detalhes.

  1. Instalação de painéis sobre cola. Uma opção de instalação muito simples, mas, como mencionado acima, precisa de paredes uniformes. A placa de MDF resistente à umidade pode ser colada usando dois tipos de adesivo - são “unhas líquidas” padrão e espuma de poliuretano com baixa pressão durante a polimerização. Por exemplo, o Makroflex 65 - é usado principalmente na instalação de blocos de portas. Essa espuma durante a solidificação não espreme nem altera a posição do material a ser colado. A única ressalva que você precisa prestar atenção ao colar os painéis é que a cola não fica na superfície frontal. Se acontecer mesmo que ele consiga, você não deve remover a cola fresca - apenas a tornará pior. É necessário aguardar a secagem completa e, em seguida, limpar com cuidado.
  2. Método de montagem de estrutura de arame. O processo é bastante complicado - é necessário montar a estrutura para que todos os seus elementos estejam localizados em um único plano ao longo do nível vertical do horizonte. É fabricado a partir de uma viga de madeira ou de perfis de gesso cartonado, o que é preferível. Para começar, o perímetro do plano é formado a partir do perfil ud e, de acordo com as dimensões dos painéis de MDF, esse plano é reforçado com perfis de CD de suporte, que absorvem a carga principal dos painéis. Simplificando, eles são fixados a eles usando a mesma cola e kleimers especiais, cuja instalação deve ser equipada com ranhuras. É esta opção de instalação para MDF laminado resistente à umidade que permite isolamento simultâneo e isolamento acústico adicional de paredes. Além disso, atrás desses painéis, é bastante conveniente ocultar comunicações elétricas, tubulações e outras comunicações. A única desvantagem dessa tecnologia é o fato de o quadro ocupar uma determinada área útil da sala - simplesmente, ele rouba um espaço que pode ser usado de forma mais prática.

Foto em MDF resistente à umidade

Não há outras maneiras de instalar painéis de MDF resistentes à umidade montados na parede nas paredes sem estragar a camada da face. Como alternativa, eles podem ser fixados com parafusos autorroscantes através de orifícios pré-perfurados, mas você mesmo entende que não há nada de bom em tal fixação, mesmo se você instalar posteriormente tampas nas cabeças dos parafusos.

E, para concluir o tópico sobre painéis de chapa de MDF resistentes à umidade para paredes, acrescentarei apenas uma coisa - em particular, direi sobre a diversidade do revestimento decorativo frontal. Nesse sentido, todos os painéis de MDF atualmente fabricados podem ser divididos em quatro tipos. São painéis folheados (a máxima imitação de madeira natural), painéis brilhantes (uma ótima maneira de expandir visualmente o espaço de uma sala), painéis pintados (eles podem ser chamados de cores profundas) e os chamados painéis 3D, cuja crista é volume. Qual deles você escolhe, o seu negócio - a única coisa que você deve se lembrar constantemente é que essa decoração afetará a percepção da sala como um todo. Precisa de harmonia.

Uma ampla seleção de painéis de MDF permite que você escolha a decoração que melhor se adapta à sua ideia. Vale destacar os principais tipos.

Custo dos painéis de MDF

Para muitos desenvolvedores, a questão do custo dos painéis permanece relevante. O preço dos produtos em questão dependerá da popularidade do fabricante, bem como das dimensões gerais da chapa. Uma das variedades mais populares é considerada um painel decorativo com dimensões de 2,6 * 0,2 metros. O preço desse produto nas lojas de construção varia de 100 a 150 rublos cada.

Sob a forma de racks

Seus tamanhos também são diferentes, o que também contribui para a implementação de uma idéia incomum.

Somente anteriormente você precisa instalar uma grade adicional, na qual os painéis serão montados.

Geralmente, esta é uma base de madeira ou metal a seu critério.

Suportes especiais são fixados à grade usando parafusos autoatarraxantes. Muito eficaz se você precisar decorar uma pequena sala.

Frondoso

O tipo de folha de painéis é usado para cobrir salas grandes. O tamanho grande da folha permite que você termine rapidamente as paredes da sala. A principal conveniência é a capacidade de plantar folhas de MDF na cola. A estrutura, formulário é escolhido pelo cliente.

As opções de processamento para a camada superficial das folhas de MDF também são diferentes. Você precisa saber quais painéis podem ser usados ​​para decorar ambientes mais úmidos.

Pintado

Os painéis revestidos com tinta usam substâncias corantes especiais na solução, devido aos quais o painel adquire uma aparência incomum e atraente, além de proteção contra fatores externos.

Ao escolher um material de MDF adequado, preste atenção às suas características, qual é o melhor material de acabamento para a sua construção.

Quanto ao custo, o preço dos painéis de MDF à prova de umidade para paredes depende de vários fatores:

  • forma e tamanho da folha,
  • qual é a folha de rosto.
  • com que finalidade você precisa usar painéis decorativos, ou melhor, para decorar qual sala.
  • folha de desenho.

O preço dos painéis de MDF à prova de umidade para paredes começa em 1200 rublos.

Onde posso instalar?

Você pode decorar painéis de MDF com qualquer ambiente, basta decidir sobre o design. E depois disso, veja as várias variações em lojas especiais. Também é necessário prestar atenção aos componentes adicionais necessários para a instalação das folhas.

Se você optou pela versão em folha dos painéis de MDF, precisará dos seguintes materiais em mãos:

  • molduras especiais de decoração que mascaram todas as juntas e cantos após a instalação das folhas na parede. Eles têm a forma de tiras longas de vários tamanhos,
  • a composição adesiva na qual a futura folha do painel será anexada,
  • você precisará de uma serra para caber em todos os painéis o máximo possível.

Quanto ao objetivo da moldagem, aqui precisamos destacar alguns pontos:

  • há decorações conectando painéis na junção,
  • decorações semelhantes a rodapés são usadas com mais frequência na decoração de tetos ou paredes, mascaro perfeitamente as juntas entre os painéis,
  • as decorações finais dão ao acabamento uma aparência estética adicional,
  • decorações usadas para decoração interior e exterior de cantos,

  • os materiais de partida são presos na fase inicial dos trabalhos de instalação, apenas na vertical ou na horizontal,
  • materiais decorativos de tipo universal.

Ao encomendar painéis de chapa de MDF, preste atenção em quais finalidades você pode usar este material decorativo. Todas as informações necessárias estão no passaporte do material de construção.

Para a decoração do banheiro e do banheiro, existem painéis especiais de MDF com alta resistência à umidade. É possível decorar com painéis decorativos de MDF apenas dentro dos quartos.

Preparação da parede

Antes de montar diretamente os painéis na parede, ele deve estar preparado.

A parede deve ser plana para que a folha de MDF não se deforme. Além disso, a sala deve secar bem, caso contrário, a folha plantada na cola se afastará com o tempo.

Para preparar a parede para a instalação de painéis, serão necessários os seguintes materiais:

  • serra de vaivém fina especial para o laminado,
  • várias espátulas, uma serrilhada e outra comum,
  • medidor
  • selante comum e pistola,

Selante e arma para ele

  • para processar a parede, você precisa de uma cartilha,
  • cola para painel
  • acessórios decorativos para dar uma aparência estética ao acabamento final.

Uma vez montadas todas as ferramentas necessárias, prosseguimos diretamente para a preparação da parede. O primeiro passo é limpar a superfície, remover a camada de acabamento antiga.

A parede é coberta com uma camada de primer para suavizar todas as colisões existentes.

Os próprios painéis antes da instalação são inseridos na sala alguns dias antes da instalação direta. Assim, o material de construção se acostuma às condições operacionais futuras. Assim que a preparação da sala é concluída, começa a instalação de painéis de chapa de MDF na parede.